Identificado Grupo racista que insultou a atriz Taís Araújo

Segundo o site de notícias conexão jornalismo, em matéria publicada ontem 04 de novembro: 
"a polícia averiguou que pelo menos 30 pessoas integram o grupo racista que atacou a atriz Taís Araújo através da rede social Facebook, e que a atriz não minimizou o episódio e quer punição dos racistas."


Conforme a reportagem: « Um dos suspeitos, um jovem de 18 anos, para demonstrar não temer qualquer retaliação, chegou a postar seu CPF em comentário no Facebook. Segundo o delegado da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), Alessandro Thiers responsável , os integrantes integram um grupo da rede WhatsApp. A pena máxima pode chegar a oito anos de reclusão.»

«Taís não quis falar com a reportagem que esteve na delegacia, mas deixou este comunicado em sua rede social:

"- Presto depoimento porque sei que meu caso não é isolado e é exatamente o que acontece com milhares de outros negros no País", comunica. No comunicado, a atriz ainda agradece às 'incontáveis mensagens de apoio e amor que recebeu e espera a compreensão da imprensa, já que nada mais tem a declarar sobre o assunto e crê que seu trabalho é a melhor resposta para o preconceito." »

Só podemos esperar que justiça seja feita e que essas pessoas sejam punidas, é inadmissível que um ser humano sofra qualquer tipo de discriminação. Quanto mais denúncias forem feitas, mais casos serão averiguados e essas pessoas sentirão que sofrerão as consequências de seus comportamentos preconceituosos. 

No site do conexão jornalismo tem uma imagem da rede social com as ofensas.

Fonte: Conexão jornalismo

Sem comentários:

Enviar um comentário