Tap proíbe transporte de animais caçados como troféus ou destinados a laboratórios


Conforme matéria publicada no diário digital da Sapo, segundo a PETA US em comunicado, a TAP proíbe o transporte de barbatanas de tubarão, animais caçados como troféus , animais destinados a laboratórios, bem como partes do corpo de animais em risco de extinção

Considerada a companhia aérea "número um", entre Brasil e Europa tem ligações a 84 destinos em 35 países e efetua 2.500 voos todas as semanas.


"Ao terminar o envio de barbatanas de tubarão, animais caçados como troféus e animais destinados a laboratórios, a TAP Portugal marcou uma posição contra indústrias que matam e exploram animais em todo o mundo», afirma a diretora da PETA, Mimi Bekhechi.  "Agora, a PETA está a incentivar outras companhias aéreas a seguirem o seu exemplo inovador."

A PETA US ( People for the ethical treatment of animals) é uma organização de proteção aos animais e seu lema é: " Os animais não são nossos para comer, vestir, fazer experiências ou usar para entretenimento"

Segundo a matéria: "a TAP Portugal junta-se à maior parte das companhias aéreas de todo o mundo, incluindo a Delta Air Lines, American Airlines, United Airlines, US Airways, Air China, China Eastern Airlines, China Southern Airlines, TAM Airlines, El Al Airlines, Philippine Airlines, Hainan Airlines, Vietnam Airlines e dezenas de outras mais, ao banir o transporte de primatas para laboratório.

A Delta Air Lines e a American Airlines também proibiram o envio de partes do corpo de animais em risco de extinção."

Sem comentários:

Enviar um comentário